Portadores de marcapasso também podem realizar atividades físicas

O marca-passo é um dispositivo indicado, normalmente, para pessoas que apresentam a frequência cardíaca muito baixa, chamada de bradicardia, principalmente quando os sintomas trazem riscos à saúde, como fraqueza e tontura. Atualmente, cerca de 300 mil pessoas utilizam marca-passos no Brasil, somando 49 mil novos usuários a cada ano. Ainda segundo o Censo Mundial de Marca-passos e Desfibriladores, no Brasil, são implantados 199 marca-passos por um milhão de habitantes.

Segundo o coordenador da Cardiologia e Cirurgia Cardiovascular e coordenador das Unidades de Terapia Intensiva do Hospital e Maternidade Sino Brasileiro, Dr. Élcio Pires Junior, o dispositivo é implantado no corpo do paciente e envia estímulos elétricos para o coração, aumentando a ‘força’ dos batimentos cardíacos. “Com a implantação do marca-passo é possível melhorar a capacidade do órgão no bombeamento do sangue, melhorando assim, a qualidade de vida dos pacientes”, comenta o especialista.

Os portadores de marca-passo podem retornar gradualmente à rotina, mas é necessário que mantenham alguns cuidados, principalmente na prática esportiva. Confira algumas recomendações:

– Inicialmente, é necessária a liberação médica para começar os exercícios. Converse com o seu especialista sobre quais atividades são indicadas no seu caso;

– No começo, opte por exercícios com componente estático baixo, como golfe.

– Depois que retomar à rotina, faça atividades que permitam que você acompanhe o nível de intensidade, como caminhada e exercícios na água.

– Evite esforços muitos intensos e que tenham impacto na região do peito, por causa do implante;

– Mantenha suas consultas em dia com o cardiologista para que o especialista possa checar a perfeita condição do dispositivo e programar o aparelho.

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *