Artigo | Cansado? A atividade física te dá fôlego!

Pode parecer contraditório, mas acredite, praticar exercícios físicos aumenta o fôlego e melhora a disposição, por mais cansado que você esteja se sentindo no momento. Dormir e descansar são importantes, mas não são tudo, deve-se aliar o descanso a uma dieta equilibrada (com alimentos que aumentem a energia) e à prática de atividades físicas.

Afinal, para nosso organismo funcionar plenamente, os sistemas pulmonar, cardiovascular e muscular precisam estar íntegros. E alguns fatores como estresse, tabagismo, sedentarismo, poucas horas de sono, muito tempo no trânsito, entre outros, deixam o corpo e a mente mais estafados e, por vezes, até com inflamações em algum desses sistemas.

Nesse sentido, a prática regular de exercícios físicos (três vezes por semana, no mínimo) por 45 minutos, além de reduzir o peso corporal e diminuir a taxa de gordura, contribui para o aumento da disposição, a melhora da flexibilidade e da respiração. Também fortalece os ossos e os músculos, controla e previne doenças, melhora o humor e o rendimento mental, além de diminuir a possibilidade de estresse e de depressão.

Para se ter uma ideia, os exercícios aeróbicos fazem tão bem que aumentam inclusive a capacidade cardiorrespiratória, principalmente quando realizados desde a infância, pois ajudam os pulmões a se desenvolverem melhor. Para isso se manter ao longo da vida, é essencial conservar uma prática constante dos exercícios e respeitar as limitações individuais.

Há várias atividades que aumentam o fôlego, melhorando a capacidade cardiorrespiratória e a circulação sanguínea, entre elas, estão as de alto gasto energético, como corrida, lutas, spining, jump, cross fit e pular corda.

Recomendam-se também exercícios físicos como ginástica funcional, pilates, musculação, alongamento e natação. Porque são modalidades que têm alto potencial anti-inflamatório e trabalham partes do corpo bastante prejudicadas pela postura diária da maioria das pessoas que passam muitas horas do dia sentadas (coluna, lombar, pescoço etc.).

Enfim, o importante é cada um encontrar uma atividade com a qual se identifique, sinta prazer e consiga fazer dela um hábito em sua rotina. Não gosta de academia? Corra ou caminhe no parque, jogue tênis ou pratique natação. Não curte musculação? Hoje há inúmeras aulas de ginástica, lutas e danças que são animadas, queimam calorias e rendem boas risadas.

Passe por uma avaliação médica antes de iniciar qualquer exercício físico e, mesmo assim, mantenha o hábito de realizar checkups regulares. Você, em curto prazo, irá notar uma considerável melhora no seu fôlego e em sua disposição.

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *