Por que número de infarto em jovens não para de subir no Brasil?

Segundo dados do Ministério da Saúde, de 2013 para cá, o infarto em pessoas com menos de 30 anos, também conhecido como o temido infarto precoce, aumentou expressivamente: 13%. Mas por que isto acontece?

Embora existam diversos fatores para o infarto do miocárdio, como a genética e outras causas biológicas, o principal fator que leva o jovem a infartar são os maus hábitos de vida, entre eles: sedentarismo, dietas hipercalóricas, obesidade, sobrepeso, estresse, tabagismo e outras doenças não tratadas, como o diabetes.

Todos estes pontos favorecem a formação da aterosclerose, condição que causa o enrijecimento das artérias devido ao acúmulo de placas de gordura em seu interior. Desta forma, estas placas de gordura podem obstruir a passagem do sangue levando ao infarto ou ao AVC. Quando esta obstrução acontece no coração e o músculo cardíaco para de receber o sangue, suas células começam a morrer, caracterizando o infarto.

Portanto, se você se encaixa em um ou mais dos principais fatores de risco para o infarto do miocárdio, o ideal é não adiar o check-up cardiológico e realizar com frequência os exames que possam identificar qualquer anormalidade cardiovascular.

Para a prevenção, além do check-up, é possível mudar um hábito por dia. Evite alimentos industrializados, frituras e fastfood, prefira os legumes, verduras, frutas e cereais. Pratique atividades físicas regulares, como caminhada, andar de bicicleta, musculação, natação ou qualquer outro exercício, o importante é se movimentar. Não fume, não exagere no consumo de bebidas e nem no sal.

O melhor tratamento para o infarto ainda é a prevenção. Esteja atento à sua saúde, cuide-se!

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *