7 passos para ajudar a preservar a saúde do coração em 2020

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde, as doenças do coração e outras doenças crônicas não transmissíveis, como o diabetes e a hipertensão, são as principais causas de óbitos no mundo inteiro. Sendo a redução destes óbitos uma meta global a ser alcançada em todos os anos, alguns passos são fundamentais, não só para garantir a saúde do coração em 2020, mas também para cuidar da saúde geral do organismo.

Não fumar
Embora seja ligado automaticamente com a saúde dos pulmões, o tabagismo também é altamente prejudicial à saúde cardiovascular. As toxinas presentes na composição do cigarro desencadeiam um estado inflamatório no organismo, favorecendo o acúmulo de placas de colesterol no interior das artérias. Dificultando a circulação, o coração se esforça muito mais para bombear o sangue, o que aumenta a pressão arterial.

Dormir bem
Quando dormimos, nosso ritmo cardíaco e a pressão arterial diminuem, fazendo o corpo compensar a energia para focar em uma reparação total no organismo. Para quem dorme pouco ou tem problemas para dormir, é comum que o estresse, o mau humor e a irritabilidade possam aparecer e elevar ainda mais a pressão arterial.

Cuidar das emoções
Assim como as emoções negativas podem aumentar a pressão sanguínea, sobrecarregando o coração, as emoções positivas têm bons efeitos na saúde do coração, pois causam a vasodilatação e o relaxamento muscular, favorecendo o bom funcionamento do coração. Portanto, a saúde mental é essencial!

Sair do sedentarismo
As atividades físicas são fundamentais para o bom funcionamento do coração e é uma das primeiras recomendações em casos de hipertensão e outras complicações cardiovasculares. Dependendo da liberação médica, todo exercício físico é bem-vindo, principalmente para os idosos. Aposte em caminhadas leves durante os horários mais frescos do dia.

Mudar a alimentação
Uma boa alimentação também faz parte das principais recomendações quando o assunto é saúde do coração. Ingerir boas gorduras, evitando alimentos industrializados, diminuindo o consumo de açúcar e preferindo alimentos naturais é o caminho para se manter saudável.

Ficar de olho nos fatores de risco

Em casos de histórico familiar, diabetes, hipertensão, excesso de bebidas alcoólicas, obesidade, tabagismo, sedentarismo, má alimentação e alterações nos níveis de gordura no sangue é importante fazer um acompanhamento médico.

Buscar ajuda médica
Um check-up regular é o principal caminho para identificar precocemente qualquer alteração que possa ocorrer com a saúde cardiovascular. Portanto, não adie seus retornos médicos e mantenha seus exames em dia.

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *